quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Encontro das almas

Hoje o dia
teve uma ventania...
Infernal!
Infernal tá minha vida
vivendo um vendaval
um furacão
um tisunami de emoções...
sem igual!
Sem igual minh'alma perdida
Vivendo uma magia...

Ao te conhecer meu dia
E minha noite
Não foi tranquilo
Nem mais tranquila
O nascer-do-sol tem esplendor
Esplendor tem o pôr do sol
Que espera a Lua
De braços abertos
E minh'alma nua
De braços incertos
Que espera a Sua
Alma
De mim...bem mais perto
Beijos - açoites
Que assim... me acalma
Sinto-me Tua...nas noites
Perdidamente Tua...
No Encontro das Almas!...

Autor: Poeta
(16/09/2011)